Publicidade

NOVO REAJUSTE no Auxílio surpreende brasileiros | Brazil News Informa

NOVO REAJUSTE no Auxílio surpreende brasileiros | Brazil News Informa

O Auxílio Brasil está com os dias contados, ao que tudo indica, a equipe do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), confirmou a volta do seu antecessor, o Bolsa Família. Vale ressaltar que o nome do programa foi substituído em novembro do ano passado pelo governo Bolsonaro, mas será alterado em breve.

Todavia, segundo os petistas o valor do pagamento atual, ou seja, de R$ 600, será mantido no ano que vem. Isso porque, o adicional atual de R$ 200 está previsto para acabar em dezembro deste ano, conforme a vigência da PEC das Bondades. Desse modo, a equipe está buscando meios de continuar com os valores maiores.

Contudo, a boa notícia é que o benefício terá um adicional de R$ 150, esta é uma novidade do presidente eleito aos beneficiários do programa social. Veja mais detalhes sobre esse acréscimo a seguir.

Adicional de R$ 150

Para viabilizar o pagamento de R$ 600 do Auxílio Brasil mais o adicional de R$ 150, o grupo político do presidente eleito está negociando uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) de Transição, que prevê a liberação de recursos fora do teto de gastos  da União.

“No meio de todas as emergências do povo brasileiro tem as crianças. Esse olhar é colocar, a partir de um compromisso do presidente Lula, R$ 150 para crianças de famílias que recebem esse auxílio e que são as que precisam de um dinheiro a mais. O impacto é muito grande na vida de crianças de até seis anos, então garantir esses recursos é uma decisão de consciência e de compromisso com quem mais precisa”, disse o senador eleito Wellington Dias (PT-PI), membro da equipe de transição de Lula.

PEC de Transição

Cabe salientar que a aprovação da PEC é o tema mais urgente no momento, isso porque, a equipe de Lula deve garantir a sua implementação até o fim deste ano. Todavia, o texto ainda está aguardando a apreciação do Senado Federal para depois seguir para a Câmara dos Deputados.

Porém, o grupo político de Lula encontrou um clima não muito favorável na casa dos senadores. Acontece que o presidente, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), pediu mais tempo para analisar o tema. De todo modo, mesmo com atraso na votação, o novo prazo ainda está dentro de um cronograma considerado “factível” pela equipe de Lula.

Como receber o Auxílio de R$750?

A princípio, não será preciso se inscrever para receber o auxílio de R$ 750. Embora o projeto ainda não esteja aprovado e regulamentado, o fato é que o saldo será destinado apenas para as pessoas que já fazem parte do programa social.

O Cadúnico já conta com as informações detalhadas de cada família. Assim, o Governo Federal poderá saber quantas e quais são as residências que contam com crianças menores de seis anos de idade. Ao constatar estes números, o poder executivo poderá repassar o dinheiro automaticamente.

Também é provável que o saldo seja destinado justamente para a mesma conta em que o cidadão está acostumado a receber o dinheiro do Auxílio Brasil. As datas das liberações também serão basicamente as mesmas.


Postar um comentário

0 Comentários