Publicidade

Atirador que invadiu escolas e matou 3 pessoas, tem 16 anos e utilizou arma do pai, policial militar | Brazil News Informa

Atirador que invadiu escolas e matou 3 pessoas, tem 16 anos e utilizou arma do pai, policial militar | Brazil News Informa

O assassino que matou três pessoas e feriu 13 em escolas em Aracruz (ES), nesta sexta-feira (25), usou duas armas no ataque, sendo uma pistola .40 do pai, que é policial militar, e um revólver particular. O criminoso foi preso por equipes de segurança no início da tarde.

O atirador tem 16 anos e estudou até junho último no colégio estadual atacado, segundo o governador do estado, Renato Casagrande. Ele planejou o ataque por dois anos.

Ao todo, 13 pessoas foram feridas e três morreram. Os disparos aconteceram por volta das 9h30 na Escola Estadual Primo Bitti e, depois, em uma escola particular que fica na mesma via, em Praia de Coqueiral, a 22 km do centro do município. Aracruz, onde o ataque aconteceu, fica a 85 km ao norte da capital. As aulas da rede municipal foram suspensas. A identidade do atirador não foi divulgada .

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, o assassino invadiu a escola estadual com uma pistola e fez vários disparos assim que entrou no estabelecimento de ensino. Depois, foi até a sala dos professores e fez novos disparos. Na unidade, dois professores foram mortos.

Na sequência, o atirador deixou o local em um carro e seguiu para a escola particular Centro Educacional Praia de Coqueiral, que fica na região. Na unidade, um aluno foi morto. Após o segundo ataque, o assassino fugiu em um carro. As identidades e idades não foram divulgadas.

Segundo os dados do Censo Escolar de 2021, a escola Primo Bitti tem cerca de 500 alunos matriculados. O governo estadual não confirmou quantos alunos estavam no local no momento do atentado.

Fonte: G1



Postar um comentário

0 Comentários