Marido ouve barulhos vindos do quatro e flagra esposa tendo relações intimas com o cão da família: " ela me trocou | Brazil News Informa



Marido ouve barulhos vindos do quatro e flagra esposa tendo relações intimas com o cão da família: " ela me trocou | Brazil News Informa





Revoltado, o homem separou da mulher e em seguida, se mudou para a cidade de Alta Floresta, extremo Norte do Mato Grosso

Dessa vez, o cão não foi o “melhor” amigo para um homem de 42 anos do Mato Grosso do Sul, que estava desconfiado que sua esposa, de 42 anos, o estava traindo. Porém, grande foi a decepção, ao flagra sua senhora na cama com o cachorro da família, tendo relações com o animal.

“Estava desconfiado. Fiquei escondido dentro do imóvel e a vi chegando. Em seguida, ela tomou banho e entrou sem nada para dentro do quarto. O cachorro entrou para o cômodo, também. Depois, ouvi ela gritando e a vi deitada com o cachorro”, desabafa indignado a um programa de TV local.

Revoltado, o homem separou da mulher e em seguida, se mudou para a cidade de Alta Floresta, extremo Norte do Mato Grosso. “Ela me trocou por um cachorro! A minha reação na hora era o pior, mas Deus tocou no meu coração. Daí, ela foi embora e ainda levou o cão com ela”, comenta. Os dois tinham um relacionamento há cerca de um ano.

Ameaças

Achando que já estava livre de toda a situação, passou a receber telefonemas da mulher o ameaçando e falando o que classifica como “coisas estranhas”.
 
“Tive que procurar a polícia porque a gente não sabe o que pode acontecer. Ela pode mandar alguém desconhecido para me matar aqui, sem eu saber de nada. Vim procurar a polícia como uma defesa”, finaliza.

O artigo 32 da Lei 9605/98, diz que “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos” acarreta em detenção de três meses a um ano, além de multa.

Fonte: Comunidade F7

Postar um comentário

0 Comentários