Devendo agiotas, homem briga, mata companheira e tenta suicídio | Brazil News Informa



Devendo agiotas, homem briga, mata companheira e tenta suicídio | Brazil News Informa


Um homem de 44 anos foi preso em flagrante após estrangular a esposa na quadra 9E, do Arapoanga. O suspeito matou a companheira durante discussão por conta de uma dívida que ele tinha com um agiota. O caso ocorreu na manhã deste domingo (20/3). Após o feminicídio, o autor tentou suicídio, mas foi detido por policiais e encaminhado ao Hospital Regional de Planaltina.

Por volta das 8h, uma guarnição foi abordada por familiares do suspeito, identificado como Silvestre Pereira de Araújo. De acordo com os parentes, o homem ligou para um irmão pedindo para ele pegar os seus filhos. Explicou que matou a companheira, estava tentando tirar a própria vida e não queria que os menores presenciassem.

Equipes da Polícia Militar foram até o endereço, arrombaram o portão da casa e se depararam com três crianças dormindo. Os menores foram entregues a uma tia enquanto os militares seguiam com as buscas no imóvel.

A mulher e o autor estavam desacordados em cima de uma cama, dentro de um quarto trancado. A vítima tinha sinais de esganadura no pescoço e o homem apresentava corte no pescoço. A faca usada no crime estava em um móvel, próximo à cama.

“Matei minha esposa”

O Corpo de Bombeiros foi acionado e constatou que a mulher não já apresentava sinais vitais. O suspeito, entretanto, foi conduzido ao hospital. Durante atendimento na unidade da saúde, Silvestre Araújo chegou a falar: “Dívida, dívidas, eu briguei e matei minha esposa”.

Segundo informações de pessoas que realizaram o atendimento no hospital, além do corte no pescoço, o homem tinha marcas de mordida pelo corpo. O caso foi registrado na 16ª Delegacia de Polícia (Planaltina)


Postar um comentário

0 Comentários