Advertisement

Responsive Advertisement

Mulher tocou fogo em motorista de ônibus após ele falar que ela tinha bafo | Brazil News Informa



Mulher tocou fogo em motorista de ônibus após ele falar que ela tinha bafo | Brazil News Informa



Sempre que ela passava, o condutor levava as mãos ao nariz, zombando do cheiro.

A mulher presa após tocar fogo em um motorista de ônibus disse que cometeu o crime pois era zombada pelos funcionários da empresa que diziam que ela tinha bafo. A explicação é da delegada Cynthia Cristiane, que investiga o crime cometido nesta quarta-feira (1) em Anápolis, interior de Goiás.


O crime foi filmado por câmeras de segurança. As imagens mostram a mulher se aproximando do coletivo, que estava parado. Em seguida, ela joga etanol na cabine e coloca fogo. Depois, há uma explosão e o motorista fica com o corpo em chamas. 

A vítima do ataque foi o motorista Walisson Barbosa dos Santos, de 35 anos. De acordo com o G1, ele teve 80% do corpo queimado e está internado em estado gravíssimo, sedado e intubado.

A autora do ataque foi capturada por populares, que a imobilizaram até a chegada da polícia. 


Durante depoimento, ela alegou que funcionários sempre cobriam o nariz quando ela passava pelo terminal e, na quarta-feira, quando ocorreu o crime, Walisson Barbosa teria repetido o gesto na frente dela.

"Ela foi até um posto de combustíveis, comprou etanol e ateou fogo contra a vítima. Ontem esse motorista teria feito gesto de tampar o nariz", explicou a delegada ao G1.


Postar um comentário

0 Comentários