Publicidade

Trio suspeito de latrocínio contra sargento morre em troca de tiros com a PM | Brazil News Informa

Trio suspeito de latrocínio contra sargento morre em troca de tiros com a PM | Brazil News Informa

Três pessoas suspeitas de cometer latrocínio ao sargento da Polícia Militar, Alexsandro Farias de Barros, de 50 anos, morreram em confronto com a Polícia Militar de Alagoas no final da noite dessa sexta-feira, 6, entre os municípios de Porto Calvo e Japaratinga, na região Norte do Estado. Dois homens e uma mulher morreram na ação. A Secretaria de Segurança Pública confirmou a informação. 

Ainda não há informações sobre as identidades dos suspeitos. O TNH1 apurou que a polícia estava em buscas dos criminosos, quando foi confrontada a tiros durante a abordagem do veículo em que o trio estava. Com eles, a polícia apreendeu ao menos dois revólveres, uma pistola e munições deflagradas e intactas.  

Durante a entrevista coletiva concedida pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) à imprensa ontem, o delegado de homicídios, Arthur César, informou que a motivação do assassinato do sargento foi latrocínio (roubo seguido de morte). Cinco pessoas participaram da ação criminosa.

Um taxista, que confessou ter combinado o valor de R$ 200 para levar os assaltantes até o local do crime, e mais quatro pessoas que seriam integrantes de uma quadrilha especializada em roubos de veículos. Ainda segundo a polícia, o taxista confessou que sabia a intenção dos criminosos.

O crime - O sargento da Polícia Militar identificado como Alexandro de Farias Barros Santos, 50 anos, foi assassinado a tiros em um suposto assalto no Conjunto José da Silva Peixoto, no bairro de Jacintinho, em Maceió, na noite dessa quarta-feira, 04. 

Fonte: Tnh1

Postar um comentário

0 Comentários