Publicidade

Monark pede emprego após ser banido da internet por defender atos golpistas | Brazil News Informa

Monark pede emprego após ser banido da internet por defender atos golpistas | Brazil News Informa

Bruno Aiub, mais conhecido como Monark, gerou polêmica ao fazer uma declaração em seu perfil no Twitter. Na rede social, o youtuber disse que sente ‘simpatia’ por quem participou dos atos antidemocráticos em Brasília, na tarde deste domingo (8).


“Eu sinto simpatia pelas pessoas que estão protestando, esse nosso estado é uma ditadura nefasta e autoritária, só roubam o povo. Algo deve ser feito, mas nossa classe política se provou covarde e conivente, com isso é normal o povo se sentir sem esperanças e rebelar”, escreveu Monark no microblog.

Na tarde deste domingo (8), bolsonaristas invadiram o Congresso em Brasília. O grupo de extremistas, que marchava pela Esplanada dos Ministérios, enfrentou os bloqueios policiais e invadiu o prédio do Congresso Nacional. Os apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) subiram a rampa que dá acesso ao prédio e depredaram tudo no local.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou neste domingo intervenção federal na segurança pública do Distrito Federal até 31 de janeiro deste ano após a invasão e depredação por bolsonaristas extremistas das sedes dos Três Poderes da República, e culpou o ex-presidente Jair Bolsonaro por ter estimulado os atos de vandalismo.


Fonte: IstoÉ

Postar um comentário

0 Comentários