Publicidade

Homem tem moto roubada em Palmas e ladrão a devolve com carta: 'Desculpa' | Brazil News Informa

Homem tem moto roubada em Palmas e ladrão a devolve com carta: 'Desculpa' | Brazil News Informa

Por um descuido, Pedro Gabriel Nonato Nunes, 26, morador de Palmas (TO), teve sua moto roubada na frente de casa, na quarta-feira passada (14). Mas, após três dias angustiado, surpresa e alívio: o ladrão devolveu a moto e ainda deixou uma carta se desculpando por ter furtado Nunes.

"Fui pegar documento dentro de casa e deixei a moto lá fora, pensando que tinha tirado a chave da ignição, mas não tinha", disse Nonato ao UOL. Ao sair de casa, 15 minutos depois, ele viu que a moto não estava mais lá.

A princípio, ele pensou que se tratava de uma peça pregada por algum amigo. "Aguardei [devolverem a moto], mas deu meia-noite e nada. Foi aí que vi que tinha sido mesmo um roubo", afirmou.

No dia seguinte, nenhuma novidade. "De manhã, a primeira coisa que eu fiz foi registrar um Boletim de Ocorrência pedi para um amigo fazer uma arte, com uma montagem da placa, da moto e pedi para meus amigos divulgarem", disse.


Sem a moto, Nonato ficou sem trabalhar de quinta a domingo. "Passei a sexta-feira em casa, fui dar uma volta para ver se tinha algum movimento e nada. No sábado, a mesma coisa.".

Na madrugada de sábado para domingo, o alívio. Alguém, provavelmente o ladrão, bateu em seu portão três vezes e ele foi conferir o que era. "Abri a porta e tinha uma chave jogada lá no corredor da minha casa", disse Nonato. Para sua surpresa, era a chave da moto.


"Quando abri o portão e olhei pro lado, me emocionei na hora. Minha moto tava trancada, com o capacete amarrado e uma carta em cima dela pedindo desculpas", disse.

Na carta, o criminoso escreveu que sua "intenção não era roubar um trabalhador igual a ele" e que a moto foi devolvida de madrugada pois o ladrão "esperou a poeira baixar".

"Foi o melhor presente de Natal que eu poderia receber."

Sem contato com a pessoa que levou sua moto, ele afirma não saber se isso foi motivado pelo arrependimento ou pela repercussão do caso. Mas uma coisa é certa: ele tomará mais cuidado.

Fonte: UOL

Postar um comentário

0 Comentários