Publicidade

Bloqueio no Bolsa Família janeiro; Lista de famílias relevada | Brazil News Informa

Bloqueio no Bolsa Família janeiro; Lista de famílias relevada | Brazil News Informa

Para que as famílias recebam o Auxílio Brasil, programa que vai voltar a ser chamado de Bolsa Família, é preciso que elas mantenham os dados atualizados no Cadastro Único (CadÚnico). Com um novo governo assumindo em 2023, as famílias que não se atualizarem terão o benefício bloqueado.

Atualmente, esse auxílio é pago a 21,6 milhões de brasileiros e o governo eleito já informou que vai fazer um “pente fino” no benefício; com intuito de bloquear aqueles que estão recebendo mas que não se encaixam nos requisitos.

Quais famílias terão o benefício bloqueado?

As famílias que terão o benefício bloqueado são aquelas “unipessoais”, que são famílias de apenas uma pessoa. Esse foco se dá por causa de um relatório do Tribunal de Contas da União (TCU), que apurou que esse é um mecanismo adotado por algumas pessoas para receber mais dinheiro do governo.

A partir de fevereiro de 2023 esse grupo será convocado para prestar contas e comprovar o direito de continuar recebendo o auxílio.

Para atualizar o cadastro é preciso se apresentar presencialmente a uma unidade do CRAS, levando os seguintes documentos:

  • Certidão de Nascimento;
  • Certidão de Casamento;
  • CPF;
  • Carteira de Identidade (RG);
  • Certidão Administrativa de Nascimento do Indígena (RANI);
  • Carteira de Trabalho;
  • Título de Eleitor.

Mudanças em 2023

Com um novo governo eleito para 2023, liderado por Luís Inácio Lula da Silva (PT), o Auxílio sofrerá mudanças, como o seu valor mensal, que será disponibilizado a R$600. Outra alteração diz respeito aquelas famílias que tiverem crianças de até 6 anos, pois receberão um valor extra de R$150 por criança.


Postar um comentário

0 Comentários