Publicidade

Morgan Freeman é cancelado por discursar na abertura da Copa no Catar | Brazil News Informa

Morgan Freeman é cancelado por discursar na abertura da Copa no Catar | Brazil News Informa

A internet não engoliu o discurso de Morgan Freeman na abertura da Copa do Mundo, no último domingo (20/11). O ator foi “cancelado” por defender inclusão e diversidade em meio a denúncias de violações de direitos humanos e discriminação contra a comunidade LGBTQIAP+ no Catar, país-sede do torneio.

“Aquilo que nos une é maior do que aquilo que nos divide. Somos uma grande tribo, e a Terra é nossa tenda. Juntos, podemos fazer o chamado para todos se unirem a nós”, falou o ator, do centro do gramado.

Mascotes de várias Copas marcaram presença na abertura no CatarJustin Setterfield/Getty Images

A participação de Freeman, que no cinema interpretou de Nelson Mandela a Deus, decepcionou fãs. “Não imaginava que Morgan Freeman fosse associar seu nome a isso. Dinheiro fala mais alto”, escreveu um jornalista no Twitter.

“Para um homem que interpretou Nelson Mandela – que conhecia melhor do que ninguém o impacto e a importância do isolamento em um país e seu sucesso para mudar a política dessa nação – é tão decepcionante ver Morgan Freeman pegar o dinheiro e apoiar um regime opressor regime”, opinou o ator

Outros artistas também passaram a ser detonados nas redes sociais por toparem se apresentar nos eventos do Mundial. Jungkook, do grupo de k-pop BTS, foi o primeiro a confirmar um show no local e também não passou ileso. Robbie Williams, Black Eyed Peas, J. Balvin, Calvin Harris, Alok e Ludmilla também foram criticados.

Confira a repercussão:



Fonte: Metrópoles



Postar um comentário

0 Comentários