Publicidade

Bolsonaro libera surpresa no Auxílio Brasil de dezempro com valor turbinado | Brazil News Informa

Bolsonaro libera surpresa no Auxílio Brasil de dezempro com valor turbinado | Brazil News Informa

Beneficiários do programa Auxílio Brasil deverão receber R$600 em dezembro, referentes aos pagamentos daquele mês do programa de transferência de renda, porém, milhões de famílias poderão receber cerca de R$112 a mais, referentes ao Auxílio Gás, que fará seu último pagamento com valor dobrado no mês que vem.

Segundo as regras do programa, têm direito de receber o Auxílio Gás todas as famílias inscritas no CadÚnico, com renda familiar mensal menor ou igual a meio salário-mínimo por pessoa (R$606), inclusive as famílias que já recebem benefícios de programas do governo, como o Auxílio Brasil, por exemplo.

Recebem também as famílias que tenham alguma pessoa que mora na mesma casa, que recebe o benefício de prestação continuada da assistência social, inscritas ou não no CadÚnico, e terão prioridade no recebimento as famílias com mulheres vítimas de violência doméstica que estejam sob o monitoramento de medidas protetivas de urgência.

Apesar disso, estar inscrito no CadÚnico não garante o recebimento do Auxílio Gás, pois estima-se que mais de 30 milhões de famílias tenham direito ao benefício enquanto apenas 5,6 milhões de famílias recebem o benefício de fato, situação que, de acordo com o governo, acontece devido à falta de recursos para o programa.

Auxílio Brasil e Auxílio Gás em dezembro

Segundo as regras, o Auxílio Gás deve pagar 50% do valor médio nacional do botijão de gás de 13kg a cada dois meses aos beneficiários, porém, em julho, o Congresso aprovou a ampliação do Auxílio Gás, que passou a pagar em agosto o valor referente a 100% do botijão, por isso, em dezembro, além dos R$600 do Auxílio Brasil, as famílias receberão mais R$112 em média, totalizando até R$712.

De acordo com o projeto, essa ampliação do programa acontecerá apenas até dezembro, ou seja, em dezembro deste ano as famílias do Auxílio Gás ainda recebem o valor médio total do botijão, e depois, na próxima rodada de pagamentos do programa que acontecerá em fevereiro, as famílias voltam a receber apenas metade do valor médio do botijão de gás de cozinha.

Normalmente, em dezembro, os pagamentos começam um pouco mais cedo para terminar antes do Natal, portanto, segundo o calendário oficial, os pagamentos do Auxílio Brasil e do Auxílio Gás no mês que vem devem começar no dia 12 e ser finalizado no dia 23 de dezembro, de acordo com o número final do Número de Inscrição Social (NIS) de cada beneficiário, confira:
  • Final do NIS 1 – 12 de dezembro;
  • Final do NIS 2 – 13 de dezembro;
  • Final do NIS 3 – 14 de dezembro;
  • Final do NIS 4 – 15 de dezembro;
  • Final do NIS 5 – 16 de dezembro;
  • Final do NIS 6 – 19 de dezembro (liberado no sábado, 17, por conta de ser em uma segunda);
  • Final do NIS 7 – 20 de dezembro;
  • Final do NIS 8 – 21 de dezembro;
  • Final do NIS 9 – 22 de dezembro;
  • Final do NIS 0 – 23 de dezembro.
O programa de transferência de renda para a compra do gás de cozinha que normalmente atende por volta de 5,6 milhões de beneficiário a cada dois meses, recebeu a inclusão de 300 mil famílias em outubro, dessa forma, pouco mais de 5,98 milhões de famílias receberam no último mês R$112 de Auxílio Gás junto ao Auxílio Brasil, totalizando um investimento de R$670 milhões do Ministério da Cidadania.

Quem recebe o Auxílio Brasil em dezembro?

O Programa Auxílio Brasil, que voltará a se chamar Bolsa Família, atende mensalmente mais de 21 milhões de famílias em situação de vulnerabilidade econômica e social, e para serem habilitadas, elas precisam atender critérios de elegibilidade, como apresentar renda per capita classificada como situação de pobreza ou de extrema pobreza.

São consideradas famílias em situação de extrema pobreza aqueles que apresentam renda familiar de até R$105 por pessoa, já as famílias em situação de pobreza são aquelas com renda familiar entre R$105,01 e R$210 por pessoa e que tenham entre os integrantes da família pessoas até 21 anos e/ou gestantes.

Por isso, para receber o benefício do programa de transferência de renda do governo federal, é necessário estar inscrito no Cadastro Único (CadÚnico) e apresentar renda familiar por pessoa dentro do indicado acima, além de atender ao regramento, que exige que as crianças tenham frequência escolar alta e estejam com todas as vacinas em dia.


Postar um comentário

0 Comentários