Publicidade

Belém: pastilhas caem de prédio e moradores temem o pior | Brazil News Informa

Belém: pastilhas caem de prédio e moradores temem o pior | Brazil News Informa

Moradores do prédio residencial Torres Ekoara, localizado na travessa Enéas Pinheiro, no bairro do Marco, em Belém, denunciam a queda de placas de pastilha em seis fachadas de duas torres residenciais do imóvel.

Um problema que, segundo eles, vem ocorrendo desde 2017, sem que a construtora responsável pela obra, a Leal Moreira, tomasse qualquer providência para sanar o transtorno que coloca em risco a integridade física dos próprios moradores.

A denúncia foi revelada pelo site BT Mais nesta terça-feira, 22, e confirmada pela reportagem do DIÁRIO e DOL com um morador do residencial. Segundo ele, há menos de dois meses um bloco inteiro de pastilhas se saltou e caiu na via pública. Como não havia movimento na hora, por sorte, ninguém saiu ferido.

Os bombeiros foram acionados, além da defesa civil de Belém e um laudo pericial da Polícia Civil seria confeccionado para ser anexada a uma ação judicial movida contra a Leal Moreira. “O condomínio está protegido com redes justamente para evitar que essas pastilhas, aí caírem, atinjam alguém.

Aí seria uma tragédia”, contou. Além disso, segundo o morador, os imóveis estão perdendo poder de venda ou aluguel, afastando interessados em fechar algum tipo de negócio com um eventual proprietário que esteja tentando se desfazer de um apartamento.

“A Leal Moreira, responsável pela obra, ignora nossos apelos e não assume o prejuízo causado por ela própria com um projeto, pelo visto, muito mal feito”, desabafou. O processo contra a Leal Moreira corre desde 2018 sem indício de solução num breve espaço, segundo adiantou o morador. “O caso foi judicializado, mas o processo está parado e enquanto isso estamos vivendo nessa espécie de roleta-russa”.

Fonte: Diário do Para



Postar um comentário

0 Comentários