Publicidade

Yasmin Brunet é acusada de manter Letícia e Desirrê em cativeiro | Brazil News Informa

Yasmin Brunet é acusada de manter Letícia e Desirrê em cativeiro | Brazil News Informa

O caso Kat Torres ganhou um novo capítulo nesta terça-feira (18/10). Letícia Maia, que seria vítima de tráfico humano, gravou um vídeo no qual diz ter fugido de um suposto cativeiro feito por Yasmin Brunet nos Estados Unidos e que iria arriscar a sua vida para salvar Desirrê Freitas do local em que a modelo teria deixado ela e a amiga. Yasmin se pronunciou sobre o caso e afirma ter acionado seus advogados.

Entenda caso de sequestro envolvendo Letícia Maia e Desirrê Freitas

“Eu estou tentando a ajuda de vocês, eu estou tentando falar e vocês não estão acreditando, por favor. Eu deveria estar em perigo ainda, a Yasmin Brunet ainda está com ela lá. Eu consegui sair do cativeiro, mas a Desirrê continua lá. Eu vou tentar salvar ela, eu vou tentar arriscar minha vida por ela”, diz Letícia, no vídeo.

“Meus advogados no Brasil e nos Estados Unidos estão tomando providências legais e cabíveis. As autoridades já estão investigando. Entrei nessa história buscando ajudar, mas agora vendo essa confusão que estão fazendo, entendi que buscam apenas atenção”, desabafou Yasmin, após a acusação.

“Só que fazer isso envolvendo um assunto tão importante é chocante. Tráfico humano é um assunto grave, não é para brincar ou ganhar fama em cima. Quanto mais a gente banaliza, mais essas vítimas se tornam invisíveis, parte de um senso ficcional, sendo que esse mercado horrível existe, movimenta muito dinheiro em cima dos corpos das mulheres. Tráfico humano não é fanfic. É assunto sério e urgente”, completou a modelo.

Fonte: 



Postar um comentário

0 Comentários