Publicidade

Tigre que matou mais de 200 pessoas desde 2014, é abatido na Índia | Brazil News Informa

Tigre que matou mais de 200 pessoas desde 2014, é abatido na Índia | Brazil News Informa

Em uma grande operação com 200 pessoas, a polícia indiana abateu um tigre apelidado de “o devorador de homens de Champaran”, depois que o animal matou diversas pessoas, informaram as autoridades neste domingo (9/10).

O predador havia aterrorizado os moradores do entorno do parque nacional Valmiki, em Champaran, no leste da Índia. O animal foi responsável pela morte de pelo menos seis pessoas no último mês, entre eles uma mulher e seu filho de oito anos neste sábado.

Antes dessas duas últimas mortes, as autoridades já haviam classificado o tigre – um macho de três ou quatro anos – de “devorador de homens”, o que autoriza o seu abate. As tentativas anteriores de eliminar o animal haviam fracassado.

“Duas equipes entraram na mata montadas em dois elefantes no sábado pela tarde, e uma terceira se posicionou no lugar onde pensávamos que o tigre sairia, e atiramos […] para matá-lo nesse lugar”, disse Kiran Kumar, chefe da polícia local, à AFP.

Enquanto os residentes faziam ruído com recipientes metálicos, os efetivos levaram mais de seis horas para concluir a operação, disse Kumar.

Entre as vítimas também está uma menina de 12 anos que foi arrastada de sua cama na noite de quarta-feira, segundo a imprensa local.

Os ativistas do meio ambiente apontam a rápida expansão de assentamentos humanos no entorno da floresta como a origem de conflitos entre pessoas e animais selvagens em alguns lugares da Índia.

Segundo dados do governo, cerca de 225 pessoas morreram por decorrência de ataques de tigres na Índia entre 2014 e 2019.


Postar um comentário

0 Comentários