Publicidade

Vídeo: Bêbados invadem casa, mas não conseguem furtar bens até o dia seguinte | Brazil News Informa

Vídeo: Bêbados invadem casa, mas não conseguem furtar bens até o dia seguinte | Brazil News Informa

Um casal foi gravado invadindo uma casa em Bertioga (SP) com a intenção de roubá-la. No entanto, os dois não conseguiram levar objetos de valor da residência por estarem cambaleando, aparentemente bêbados. A cena foi flagrada por câmeras de segurança instaladas no local.

Segundo a proprietária, o homem retornou ao local no dia seguinte com outro comparsa — desta vez sóbrio — para, então, carregar os itens e efetuar o furto. O caso ocorreu entre os dias 24 e 25 de agosto.

De acordo com a proprietária, que não quis se identificar, a casa é de veraneio e estava vazia no momento da invasão. "No dia 24 de agosto, o rapaz chegou por volta das 5h da manhã e ficou rondando o lugar", contou ela, em entrevista ao UOL. "Ele conseguiu acessar pelos fundos, mexeu em algumas coisas e saiu."

Em um primeiro momento, o homem aparentemente não levou nenhum objeto. No entanto, ele repareceu no mesmo dia, no final da tarde, acompanhado de uma mulher. "Ele entrou pelos fundos de novo com essa mulher. Pelas câmeras eles aparecem cambaleando, como se estivessem bem bêbados. Provavelmente tomaram algum entorpecente antes de entrar. Eles pegam várias coisas como a TV, bicicleta, varas de pesca, algumas sacolas com comidas que deixaram descongelando e bebidas que estavam na geladeira."

Em uma das imagens, é possível observar que a mulher aparece ao lado de uma garrafa na sala. A proprietária diz que ficou sabendo que a sua casa havia sido invadida quando o sogro dela chegou na residência dias depois, no sábado passado (27), e encontrou os cômodos bagunçados e uma garrafa de vinho quebrada no chão. A partir daí, a família decidiu revisar as imagens das câmeras.

"Num primeiro momento, pelas câmeras, eles não conseguem levar nada. A câmera mostrou que o rapaz vai no quintal e, acho que deve ter escutado algum barulho, e se abaixou perto do portão para se esconder. Só que ele adormece. Aí a moça vai lá e tenta levantar ele. No mesmo lugar, uns vinte minutos depois, os dois aparecem brigando, ele chega a ameaçar ela com um pedaço de madeira. Aí ela sobe no portão para ver se tem alguém e depois os dois saem pelo muro sem carregar nada", relata a proprietária.

Apesar de não terem levado nada, a proprietária diz que o rapaz retornou no outro dia com um comparsa para carregar os itens que tinham intenção de roubar. Ela relata que perdeu a TV, uma bicicleta, vara de pesca, bebidas e comidas.

"A TV ficou lá fora. Eles voltam depois pra buscar. Eles não conseguiram levar num momento primeiro, mas depois retornaram. Ao todo, esse grupo entrou cinco vezes em casa. Eles passaram tudo pelo muro da frente."

Segundo a vítima, a decisão de colocar as câmeras de segurança na residência foi justamente pelo fato do local ter sido saqueado duas vezes anteriormente.

"É uma casa simples, mas colocamos estas câmeras porque já entraram lá duas vezes. Só que nas ocasiões, levaram panelas, vara de pesca, comida. Coisas de baixo valor", diz ela.

A proprietária ainda informa que os vizinhos não relataram barulhos estranhos ou outras ocorrências de invasão na mesma semana. No entanto, uma das casas próxima à dela, que também é de veraneio, também já foi saqueada. "Dessa vez, ficamos ainda mais indignados pela bagunça e pela audácia deles", desabafa.

A família, que não reside em Bertioga, deve registrar um boletim de ocorrência ainda hoje. Segundo a proprietária, uma dificuldade técnica em acessar as imagens das câmeras de segurança foi o que atrasou a denúncia à polícia.

O UOL entrou em contato com a SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública de São Paulo) para saber se a Polícia abrirá um inquérito sobre o caso e aguarda retorno.

Fonte: UOL

Postar um comentário

0 Comentários