Publicidade

Ricardo Salles derruba moto de entregador ao deixar universidade em meio a protesto em SP | Brazil News Informa

Ricardo Salles derruba moto de entregador ao deixar universidade em meio a protesto em SP | Brazil News Informa

Ricardo Salles, ex-ministro do Meio Ambiente do governo de Jair Bolsonaro, derrubou a moto de um entregador após sair de uma universidade na Zona Sul de São Paulo, na noite desta quinta-feira (1°). O motociclista quase foi atingido (veja vídeo acima).

Salles, que é candidato à Câmara dos Deputados, esteve na universidade ESPM para participar de um evento. Na saída, foi alvo de protesto de estudantes.

O motociclista estava na moto quando foi atingido pelo veículo do político, que acelera e sai sem prestar socorro.

Nesta manhã desta sexta (2), o ex-ministro postou uma imagem de um carro com o vidro quebrado. Não é possível saber, no entanto, se é o mesmo carro e se o vidro foi quebrado com o impacto da moto.

Ele também postou um vídeo em que um homem que se apresenta como o motociclista atingido no vídeo conta que perseguiu o carro depois do episódio e recebeu todo suporte de Salles para cobrir os danos à motocicleta.

"Horda de bárbaros atacou nossa comitiva ontem. Jogaram pedras, chutaram carro e quebraram pára-brisa. Na confusão, um dos carros derrubou uma moto quase parada. Falamos mais à frente com o rapaz, que nada sofreu. E a moto, nada de grave. Turma 'maconheiros pró-democracia'", escreveu o ex-ministro no Twitter.

O que diz a Universidade

Em nota, a ESPM afirma que cedeu um espaço dentro de um de seus campi para a realização de uma palestra-debate técnica sobre o tema “Sustentabilidade e Agronegócio”.

Segundo a direção, o evento foi promovido por núcleos de estudos formados por estudantes de seis universidades privadas de São Paulo. Entre os palestrantes-debatedores estava o ex-ministro Ricardo Salles.

A universidade alega que o debate "não foi uma iniciativa da ESPM e não contou com a participação de diretores ou de professores da escola".

"A escola entende que o tema “Agronegócio e Sustentabilidade” é de grande relevância para a sociedade brasileira. A ESPM é uma instituição apartidária, que incentiva e defende a diversidade de ideias e opiniões."

Protesto de estudantes

Em nota divulgada nas redes sociais, a bateria da faculdade afirma que protestou contra a presença do ex-ministro e candidato. Segundo o texto, a palestra foi promovida pela entidade Agro ESPM (leia abaixo a íntegra).

"A Bateria protestou ativamente contra a atitude durante a execução da palestra e vem a público mais uma vez expressar enorme insatisfação contra o evento promovido. Não concordamos com a propaganda política exercida dentro das áreas da faculdade, e muito menos com a presença de um político que promove tópicos de devastação, degradação e exclusão - não só ambientais, como sociais."

Ainda de acordo com a nota, além da própria palestra, ao sair em meio aos protestos, Salles "atingiu um motoqueiro que estava passando pelo local, e foi embora sem prestar nenhum tipo de ajuda, aumentando ainda mais a gravidade da situação."

"Será feito todo o barulho necessário para expressar nosso repúdio. Esperamos respostas frente ao tamanho absurdo", encerra a nota.

Fonte: G1

Postar um comentário

0 Comentários