Publicidade

Manifestante é retirado à força do cortejo fúnebre de Elizabeth II na Escócia | Brazil News Informa

Manifestante é retirado à força do cortejo fúnebre de Elizabeth II na Escócia | Brazil News Informa

Um homem de 22 anos foi retirado da multidão em Edimburgo durante o cortejo fúnebre do caixão da Rainha Elizabeth II nesta segunda-feira (12).

A procissão tinha sido em grande parte silenciosa, sob o som de gaitas de fole, até que o homem foi ouvido gritando: "Andrew, você é um velho doente."

Outros espectadores responderam com: "Deus salve o Rei", antes que o homem fosse retirado.
O príncipe Andrew, irmão do Rei Charles III, se envolveu em um escândalo intimo quando uma americana disse ter sido abusada por ele em 2001. O caso foi encerrado este ano, quando as partes entraram em um acordo.

Denúncia de assédio intimo

O príncipe Andrew foi denunciado por uma cidadã americana que alega que o filho de Elizabeth II abusou intimamente dela em 2001, quando tinha 17 anos.

Um processo civil foi aberto no meio do ano passado por Virginia Giuffre, uma das vítimas dos crimes íntimos do financista americano Jeffrey Epstein – morto em 2019.

Giuffre afirmou que teve relações intimas forçadas com o príncipe Andrew há mais de duas décadas e os encontros teriam acontecido na casa de Ghislaine Maxwell, ex-sócia de Epstein.

O príncipe nega as acusações. Em janeiro deste ano, ele renunciou aos seus títulos militares e abriu mão de seus cargos honorários.

Fonte: G1

Postar um comentário

0 Comentários