Publicidade

Menino morre ao inalar desodorante e pai culpa desafio da internet | Brazil News Informa

Menino morre ao inalar desodorante e pai culpa desafio da internet | Brazil News Informa

"Hoje foi o meu filho, amanhã vai ser o de outro". O desabafo é do autônomo Fabiano Teixeira Santos, pai do menino João Victor Santos Mapa, de apenas dez anos, que morreu vítima do "desafio do desodorante". Ele inalou um desodorante aeressol dentro de um guarda-roupa, no bairro Pirajá, na região Nordeste de Belo Horizonte.

De acordo com o pai, a morte do filho ocorreu enquanto ele tentava realizar o desafio que incentiva as pessoas a inalarem gás de desodorante aerossol pelo maior tempo que conseguirem. "Ele inalou quase meio vidro de desodorante", conta o pai. Fabiano acredita que o filho tenha tido acesso a esse tipo de conteúdo por meio de vídeos no Youtube. "Ele gostava muito de internet e assistia os vídeos na televisão", relata.

A morte do menino ocorreu em um momento de descuido dos pais, como justifica Fabiano. Ele estava brincando com os outros dois irmãos. A mãe sentiu falta do filho e ao procurá-lo encontrou o garoto desacordado dentro do guarda-roupa. O Samu foi acionado e a equipe médica chegou a realizar manobras cardiorrespiratória, mas ele não resistiu. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal. 

"Eu peço para que todos olhem e tomem cuidados com seus filhos. A internet oferece muitas coisas boas, mas também tem coisas ruins", orienta o pai. Com o ocorrido ele cobra dos órgãos públicos ações para proibir este tipo de conteúdo.  "Se a gente não tomar cuidado, vai acontecer cada vez mais. A gente pede para que as autoridades façam algo para que novos casos não aconteçam", destaca.

O velório do corpo do garoto está previsto para a tarde desta sexta-feira (26), em Sabará, na região metropolitana de Belo Horizonte. A cerimônia terá início às 13h e o sepultamento será às 15h.

Fonte: O Tempo 

Postar um comentário

0 Comentários