Vídeo: Gretchen denuncia estar sendo 'violentada' em Belém | Brazil News Informa



Vídeo: Gretchen denuncia estar sendo 'violentada' em Belém | Brazil News Informa



O Código de Postura do Município de Belém foi constituído através da Lei nº 7.055, de 30 de dezembro de 1977, ou seja, está prestes a completar 45 anos de existência. Um dos objetivos da normativa é estabelecer as regras e critérios para o bom convívio e a tranquilidade na cidade, garantir os direitos de ir e vir e a acessibilidade da população e regulamentar o funcionamento de estabelecimentos comerciais.

De maneira popular, o Código de Postura deveria garantir que “Belém não é terra sem lei” e um espaço onde cada indivíduo faz o que bem entende esperando que o outro se “adeque” ao que ele está praticando. No entanto, nem todo mundo cumpre a lei e a prefeitura de Belém parece pouco fiscalizar as irregularidades.
 
A cantora Gretchen tem vivido isto na pele todos os dias. Ela comprou uma casa no bairro do Jurunas e desde que se mudou para o novo endereço tem enfrentado os transtornos que, segundo ela, são provocados por trabalhadores e clientes de uma oficina mecânica que fica ao lado da residência.

Esta semana, ela usou um de seus perfis nas redes sociais para denunciar novamente a situação e cobrar uma medida da prefeitura de Belém. “Estou sendo desrespeitada como cidadã”, ressalta.

Vídeo: Gretchen grava clipe no centro comercial de Belém

A artista frisou que toda vez que precisa entrar e sair de casa encontra veículos estacionados na porta da garagem, quando não estacionados em fila dupla, impedindo que ela possa sair do imóvel ou entrar.

“Já tentei pela amizade, tentei pela conversa e tentamos pelos órgãos públicos e não está dando certo”, desabafou a rainha do rebolado, num vídeo em que marcou o perfil da Prefeitura de Belém e da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob). Na publicação ela também cobra uma ação por parte da Ordem Pública.
 
Gretchen compartilhou ainda vídeo gravados pelas câmeras de segurança da casa dela que mostram a fila dupla formada em frente à residência, mais precisamente em frente a garagem.

“Este vídeo foi tirado das minhas câmeras no momento em que eu tenho que descer do carro, eu mesmo, e obrigar o cara a tirar o carro. Eles fazem de propósito”, explicou. Assista as imagens:

“Tá aí a prova. Você sabe o que as pessoas me escrevem? Ah! Se muda! Vai para um bairro mais chique, aqui é o Jurunas. Eu não vou me mudar. Aqui foi o lugar que escolhi morar e eles vão aprender a me respeitar”, pontuou Gretchen, que citou outra irregularidade que é a ocupação da calçada por pneus e até carros.

Como cidadã, Gretchen questiona se a oficina mecânica (uma borracharia, na verdade) tem a devidas licenças para funcionar. Uma das licenças a qual ela se refere é junto a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma).

Gretchen rebate críticas: "Maria Odete, moradora do Jurunas"

No último dia 1 de julho, um carrinho de mão foi colocado na porta dela para fazer a mudança de uma vizinha. A situação também foi registrada pelas câmeras de segurança.

Gretchen chega a discutir com os envolvidos pedindo para que o carrinho seja retirado, pois atrapalhava a acessibilidade. Num determinado momento é possível ver que a própria cantora tenta empurrar o carrinho.
 
A cantora está com uma assessoria jurídica estudando o caso e promete ingressar com uma ação na Justiça para tentar resolver a situação. “Estou me sentindo violentada psicologicamente”, define. Ela pretende registrar uma ocorrência na Delegacia de Proteção ao Idoso, já que tem 63 anos de idade. “Eu me enquadro da lei do idoso”, atentou. “Eles estão perturbando a minha paz e eu também vou denunciar eles na delegacia do idoso”, reforçou.

Gretchen não vai deixar herança para filhos: "gasto tudo"

O DOL solicitou um posicionamento da Prefeitura de Belém em relação as denúncias da cantora. A Semma respondeu que o Departamento de Monitoramento e Fiscalização abrirá processo para averiguar a denúncia sobre a borracharia que supostamente estaria atuando sem licença para funcionamento. Caso seja confirmada a informação, o estabelecimento será autuado e a Semma tomará as providências cabíveis.

A Semob informou que  os agentes de trânsito realizam fiscalizações constantes em várias vias da cidade, inclusive na extensão da Avenida Roberto Camelier. Sempre que uma infração é identificada ocorre a autuação do veículo. Durante as rondas no perímetro, as principais infrações encontradas são referentes a estacionamento sobre o passeio, que segundo o Artigo 181 do CTB, Inciso VIII, é infração grave, com multa no  valor de R$195,23 e aplicação de 5 pontos na CNH do condutor.

Fonte: Denilson d'Almeida

Postar um comentário

0 Comentários