Governo pagará o novo Auxílio Emergencial a este grupo de brasileiros; serão 5 parcelas de R$ 600,00 | Brazil News Informa



Governo pagará o novo Auxílio Emergencial a este grupo de brasileiros; serão 5 parcelas de R$ 600,00 | Brazil News Informa

É OFICIAL! O Governo Federal irá mesmo retomar os pagamentos do Auxílio Emergencial ainda este ano. O benefício será no valor de R$ 200 e será pago junto com o Auxílio Brasil, que hoje deposita uma quantia mínima de R$ 400.

No total, serão 05 parcelas pagas entre os meses de Agosto e Dezembro deste ano. Ou seja, o que antes era previsto para iniciar em Julho, acontecerá apenas no mês seguinte. A seguir, saiba mais sobre.

Governo pagará novo Auxílio Emergencial?

Como dito, o plano do Governo Federal é mesmo retomar os pagamentos de um Auxílio Emergencial ainda em 2022. O benefício será no valor de R$ 200 e será anexado ao saldo do Auxílio Brasil, que hoje paga, no mínimo, R$ 400 para cada família. Ao todo, serão 05 parcelas pagas a partir do mês de Agosto.

Todavia, a quantidade de pagamentos do adicional do Auxílio Emergencial pode ter frustrado algumas pessoas. Afinal de contas, o próprio Governo Federal chegou a considerar a possibilidade de iniciar as liberações do benefício complementar já neste mês de Julho. Contudo, o plano agora é seguir com os depósitos somente a partir de agosto.

Dessa forma, o Auxílio Brasil de R$ 400 seguirá sendo pago normalmente neste mês de Julho com o mesmo valor. Além disso, a tendência é que a quantidade de usuários aptos ao recebimento também não sofra grandes alterações para este mês, de modo que os repasses seguirão sendo feitos para pouco mais de 18 milhões de pessoas.

A princípio, o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) confirmou as informações. De acordo com o parlamentar, o Governo está preparando os últimos detalhes para a votação no Congresso. Vejamos mais detalhes logo abaixo.

Novos beneficiários

Outra informação que havia sido divulgada inicialmente na imprensa também foi confirmada pelo senador; e, agora, o número de usuários do Auxílio Brasil deve realmente aumentar. O foco do Governo Federal é zerar a fila de espera o quanto antes neste momento.

Ainda há um desencontro quanto às informações sobre a quantidade de usuários que ainda estão na lista de espera. Mas, tanto o Ministério da Cidadania como a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) concordam que o número de brasileiros nesta situação vem aumentando nos últimos meses.

Por fim, o plano do Governo é selecionar pouco mais de 1,6 milhão de indivíduos para o recebimento do benefício a partir do 2° semestre. A preferência na seleção será para as pessoas que fazem parte da fila de espera neste momento.

Nova presidente da Caixa – aceleração do pagamento?

A atual presidente da Caixa, Danielle Marques, sinalizou em coletiva no último dia 05 que a Caixa e o Ministério da Cidadania já estão em operação conjunta para conseguirem operacionalizar os pagamentos dos benefícios que fazem parte da nova PEC, que prevê, dentre outras questões, o aumento no valor do Auxílio Brasil.

Conforme a fala da nova presidente, o objetivo é que, ao adiantar os pontos contratuais entre o banco e o Ministério, os cidadãos possam receber os auxílios o mais breve possível, caso a PEC seja aprovada nas instâncias responsáveis.

Fonte: Pronatec

Postar um comentário

0 Comentários