Veja os maiores alvos de notícias falsas sobre as eleições | Brazil News Informa



Veja os maiores alvos de notícias falsas sobre as eleições | Brazil News Informa




Faltando mais ou menos quatro meses para o primeiro turno das eleições 2022, o Boatos.org começou a marcar todas as notícias falsas relacionadas ao pleito com a “tag” “Eleições 2022”.

Até o momento, nada menos do que 110 checagens de publicações feitas a partir de 1º de janeiro. Esse volume de desinformação já ajuda a ter um diagnóstico do rumo das fake news.

Ao longo das próximas semanas (de forma constante ou intercalada), o site de checagem fará um diagnóstico sobre esse tipo de desinformação. Hoje, veja quem são os maiores alvos das fake news eleitorais até o momento.

É importante citar que nem toda fake news tem alguém como “alvo”. Em alguns casos, mensagens falsas tentam exaltar figuras (exemplos estão em mensagens falsamente atribuídas a famosos com elogios a Bolsonaro). Feitas as ressalvas, confira a lista abaixo.

1) Lula, o PT e a esquerda

O principal alvo, em números brutos, de informações falsas na internet é o ex-presidente Lula. Quase 100% das fake news sobre ele, o PT e a “esquerda em geral” vêm de grupos de pessoas simpáticas a Bolsonaro.

Este tipo de informação falsa visa, basicamente, reforçar pensamentos sobre o ex-presidente (que ele não teria popularidade, que não seria honesto). Vale apontar que quase todas as fake news são efêmeras e circulam, principalmente, em grupos bolsonaristas. Lula é o primeiro, mas não é o único alvo da desinformação sobre o assunto. Veja alguns exemplos de fake news:




2) Urnas eletrônicas e o TSE

O segundo maior alvo de informações falsas dos primeiros meses de 2022 não é um candidato. Também em grupos bolsonaristas, fake news sobre as urnas eletrônicas e o sistema eleitoral em geral (como o Tribunal Superior Eleitoral) circulam muito na internet.

Ao contrário das notícias falsas sobre Lula e a esquerda, as fake news sobre urnas eletrônicas e o sistema eleitoral costumam fazer barulho por mais tempo e, não raramente, forçam respostas da própria Justiça Eleitoral. Exemplos de fake news:




3) Bolsonaro

Nem todas as fake news circulam em grupos bolsonaristas. A prova é que o terceiro maior alvo de informações falsas na internet é o presidente Jair Bolsonaro. Neste caso, as notícias falsas correm, principalmente, entre grupos simpáticos a Lula e, em alguns casos, “saem da bolha”.

Vale apontar que, apesar de ter fake news “contrárias”, o nome do presidente aparece mais em informações que o exaltam do que em informações que o atacam: Exemplos de fake news:




4) Sergio Moro e outros pré-candidatos

Embora em quantidade muito menor do que Bolsonaro e, principalmente, Lula, outros pré-candidatos também são citados. Dentre estes, dois se destacaram: Sergio Moro e João Doria.

Curiosamente, Moro era alvo, principalmente, de simpatizantes de Lula (apesar de, em alguns casos, bolsonaristas e lulistas compartilharem a mesma história) e João Doria era alvo principalmente de simpatizantes de Bolsonaro (a grande maioria criada no ano passado). “Coincidentemente”, as duas candidaturas não decolaram e ambos não são, no momento, pré-candidatos. Exemplos de fake news:




5) Pesquisas eleitorais

O “quinto elemento” mais citado são as pesquisas eleitorais. Seja de forma direta (com fake news falando que elas são manipuladas) ou de forma indireta (com vídeos fora de contexto que apontam algo diferente das pesquisas), informações falsas atacando os levantamentos (principalmente os que colocam Bolsonaro muito atrás de Lula) circulam online. Exemplos de fake news:




Fonte: Metrópoles 

Postar um comentário

0 Comentários