Pastor ‘infiel’ faz apelo a técnico de celular para esconder traição: ‘em nome do Pai me ajuda’ | Brazil News Informa



Pastor ‘infiel’ faz apelo a técnico de celular para esconder traição: ‘em nome do Pai me ajuda’ | Brazil News Informa


Uma loja de assistência técnica de Itaboraí, na região metropolitana do Rio de Janeiro, se viu envolvida em um escândalo de traição cometido pelo pastor de uma igreja.

Através do TikTok, o técnico em informática Zalmir Ferreira compartilhou o apelo de um pastor para que a esposa não descobrisse supostas traições praticadas por ele, cujas provas estavam reunidas em um aparelho celular.

“Há três semanas um casal deixou um celular na loja, ela disse que queria ver alguma coisa que tava no celular, mas que ele deixou o aparelho cair no vaso. Ela levou e falou que era para consertar e entregar só pra ela. Quando abri o aparelho, tinha um bilhete lá dentro”, disse o homem.

No bilhete, o pastor assume ter uma amante e pede para que o técnico não encontre conserto para o celular. O homem ainda deixou o “agrado” de R$ 150 para que Zalmir acobertasse a situação.

“Amigo, por favor, fala que este aparelho não tem mais jeito. Se minha esposa “ver” o que tem nele, eu perco a casa, o carro, a conta bancária, a amante e as ovelhas da igreja. Em nome do pai me ajuda, está aí um agrado pra você”, escreveu o pastor.

O técnico, porém, não quis se envolver na situação e devolveu o dinheiro ao cliente. Após consertar o aparelho normalmente, no entanto, ele conta que o homem voltou à loja para ameaçá-lo.

Mais tarde, o pastor voltou ao estabelecimento para se desculpar e assumir que “exagerou na dose”. “Ele reafirmou que tinha algo importante lá dentro, mas não queria falar o quê. Eu então devolvi o dinheiro dele e a cartinha, ele até brincou ‘pelo jeito não teve solução pro meu lado’”, narra Zalmir.

Pelas redes sociais, centenas de internautas ficaram ansiosos esperando o desfecho da fofoca. Nesse sábado (18), no Instagram, Zalmir reforçou que não quis se envolver na intimidade do casal e fez apenas o que lhe cabia enquanto técnico de informática.

Fonte: Comunidade F7

Postar um comentário

0 Comentários