Bolsonaro abordará Auxílio Brasil nas próximas inserções na TV | Brazil News Informa



Bolsonaro abordará Auxílio Brasil nas próximas inserções na TV | Brazil News Informa


No Palácio do Planalto a ordem é focar no Auxílio Brasil. Segundo informações de bastidores, o presidente Jair Bolsonaro (PL) aparecerá em rede nacional falando sobre o programa social já nas próximas inserções na televisão. As peças publicitárias já começaram a ir ao ar na TV aberta na última quinta-feira (2).

No entanto, naquele primeiro momento, o presidente apareceu ao lado de jovens em uma capela falando sobre respeito aos pais e à família. A partir da próxima semana, o plano é jogar luz para o assunto do Auxílio Brasil. O tema preocupa parte do Palácio do Planalto, que acredita que o chefe de estado ainda não conseguiu ganhos eleitorais com o assunto.

Dados mais recentes do instituto Datafolha mostram que o presidente Jair Bolsonaro (PL) tem certa dificuldade de conseguir votos entre os usuários do Auxílio Brasil. A pesquisa mais recente mostrou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem mais de 30 pontos percentuais na dianteira do atual presidente entre os usuários do projeto social.

O plano da campanha de Bolsonaro é aproveitar as primeiras inserções da TV, para falar que o Auxílio Brasil foi um projeto criado durante o seu Governo. A regra também é comparar o atual programa social com o antigo Bolsa Família, que fez seu último pagamento em outubro do ano passado e  marcou boa parte dos governos Lula.

Além de falar sobre o Auxílio Brasil, o presidente também abordará sobre a liberação do sistema pix. A proposta é mostrar Bolsonaro conversando com os jovens para conseguir passar a imagem de que o atual governo é “moderno e antenado com as novidades do mundo”. Ainda não há uma data exata para as novas inserções, mas elas acontecem ainda neste mês de junho.

Bolsa Família x Auxílio Brasil

Considerando apenas os dados oficiais, é possível apontar que o Auxílio Brasil é, de fato, um programa maior do que o antigo Bolsa Família. O número de usuários, por exemplo, cresceu de pouco mais de 14 milhões para 18 milhões de brasileiros.

Os valores dos pagamentos também cresceram. O antigo Bolsa Família pagava uma média de R$ 189 por família até o último mês de outubro do ano passado. Por outro lado, o Auxílio Brasil paga um valor mínimo de R$ 400 para cada usuário.

No entanto, os valores podem ser maiores para algumas pessoas. Conforme informações do Ministério da Cidadania, em maio a média de pagamentos do Auxílio Brasil foi de R$ 409, um aumento de R$ 6 em relação aos R$ 403 médios de abril.

Novos pacotes

Seja como for, os novos números ainda não parecem ter dado fôlego para Bolsonaro nas últimas pesquisas eleitorais. Nas últimas semanas, o Governo Federal sinalizou que poderá pagar novos benefícios, auxílios e créditos para a população carente.

Há, por exemplo, o plano de colocar em prática o auxílio-gasolina. O programa poderia pagar R$ 400 por mês para trabalhadores que dependem de automóveis para trabalhar. É o caso de taxistas, motoristas de app e mototaxistas.

Além disso, o Governo discute também novas liberações de créditos para agricultores e também para os microempreendedores individuais. Existe ainda um plano de pagar um novo auxílio emergencial para os caminhoneiros neste momento.


Fonte: Noticias Concursos 

Postar um comentário

0 Comentários