Dinheiro esquecido do PIS: consulte apenas com o seu CPF | Brazil News Informa



Dinheiro esquecido do PIS: consulte apenas com o seu CPF | Brazil News Informa



Se você já trabalhou ou trabalha com carteira assinada há mais de cinco anos, talvez tenha direito ao dinheiro esquecido do PIS. Muitos beneficiários não sabem, mas é possível consultar se tem direito ao benefício usando apenas o CPF. Confira!

Ao todo, cerca de 10,5 milhões de pessoas que trabalharam formalmente entre os anos de 1970 e 1988 têm direito às chamadas Cotas do PIS/Pasep. Os recursos têm origem em depósitos feitos pelos empregadores no Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Serviço Público (Pasep) antes que entrasse em vigor a Constituição de 1988.

Sendo assim, os beneficiários que têm direito a receber agora, são os que não sacaram os recursos das contas na época e por isso, poderão ter valores provenientes das contribuições do seu empregador nesse período de tempo anteriormente indicado. 

Além disso, o governo garante que em caso de falecimento do titular, os herdeiros poderão ter acesso aos valores.

Como consultar e sacar as Cotas do PIS/Pasep?

Em 2019, o governo federal encerrou o Fundo PIS/Pasep e enviou os recursos das Cotas para o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Então, para consultar e verificar se tem valores a receber, é muito simples. Basta acessar o site ou o aplicativo Meu FGTS e inserir o CPF. Já correntistas da Caixa Econômica Federal, conseguem fazer todo o procedimento por meio do sistema de Internet Banking.

Caso tenha direito, o beneficiário poderá usar o aplicativo do FGTS para transferir o dinheiro para uma conta corrente. No entanto, vale ressaltar que a quantidade permitida para retirada é de até R$ 3 mil. Quantias acima deste valor poderão ser retiradas somente em caixas eletrônicos, agências ou lotéricas da Caixa.

Fonte: Seu Crédito Digital

Postar um comentário

0 Comentários