Vídeo: mulher finge ser autista para não usar máscara | Brazil News Informa



Vídeo: mulher finge ser autista para não usar máscara  | Brazil News Informa


Ouso de máscara continua sedo obrigatório na maioria das cidades brasileiras. A medida foi adotada logo no início da pandemia da Covid-19, em 2020, como forma de evitar a disseminação do vírus que já fez centenas milhares de vítimas fatais no país.

Porém, mesmo com a obrigatoriedade, algumas pessoas não querem usar e tentam burlar as normas sanitárias. Nessas horas, o "jeitinho brasileiro", para a revolta de muitos, é lançado mão.

Esta semana, uma mulher, identificada como Nathasha Borges, usou as redes sociais para contar que fingiu ser autista para poder não usar máscara dentro de um shopping center. O caso aconteceu em Recife.

No vídeo, publicado pela a mulher no Instagram, ela anda pelo estacionamento do centro de compras e conta para seus seguidores como fez para circular pelo shopping sem máscara.

Ela afirma que chegou a ser abordada pelos seguranças e disse para eles que era autista, por isso, não estava de máscara, pois, segundo a lei federal, não lhe obriga a usar o acessório de prevenção a covid-19. O caso causou revolta entre os internautas.

Ela ainda publicou uma mensagem no storie no Instagram, dizendo que não achava necessário pedir desculpas. 

Em Pernambuco, o uso obrigatório da máscara está valendo desde 16 de maio de 2020.

Nathasha Borges postou, ainda, outros vídeos nas redes sociais falando do caso.

A Polícia Civil está investigando o caso.  A mulher foi intimida a prestar esclarecimentos sobre o fato. A Ordem dos Advogados do Brasil em Pernambuco (OAB-PE) repudiou a postura da mulher e destacou o que se passar por autista é crime.







Postar um comentário

0 Comentários