Hospital confunde bebê com lixo hospitalar e o incinera antes que pais pudessem sepultá-lo | Brazil News Informa



Hospital confunde bebê com lixo hospitalar e o incinera antes que pais pudessem sepultá-lo | Brazil News Informa




Pais de um bebê nascido morto recentemente em um hospital na cidade de Concórdia, na Argentina, estão revoltados e acusam o centro médico de confundir a criança com resíduos patológicos e então incinerá-lo.

De acordo com informações do portal Publimetro Chile, Carolina e Gonzalo, quem foram responsáveis por fazer a denúncia nas redes, buscaram o Hospital Delicia Concepción Masvernat e pouco tempo depois foram comunicados do falecimento de seu bebê. Então, como medida final, a mãe precisou passar por uma cesariana de urgência para retirar a criança.

Em entrevista, Carolina relatou que inicialmente ela e o companheiro resolveram conhecer o bebê. Na ocasião, além de vê-lo, eles também vestiram a criança, que posteriormente foi levada ao necrotério, para receber os cuidados necessários e então ser sepultada no dia seguinte.

A grande confusão neste caso acontece a partir deste momento, uma vez que funcionários do hospital teriam supostamente confundido o bebê com resíduos patológicos e o colocado em um saco vermelho destinado à incineração.

A triste surpresa
 
Quando os pais buscaram o centro médico para seguir com o sepultamento foram surpreendidos pela atualização recebida. "Quando descobrimos, ele já tinha ido para o forno, mas não nos explicaram, era um bebê bem formado, eles não sabia como dizer por que eles o colocaram lá”

Por fim, o hospital publicou uma nota no Facebook em que diz o seguinte: “a informação foi prestada primeiramente à família, também à justiça de Concórdia, com a urgência que o caso merece e o objetivo de determinar se foi uma omissão, dolo ou falta de profissionalismo por não continuar com o protocolo de autópsia e influenciá-lo nos eventos relatados”.

Postar um comentário

0 Comentários