Homem é preso suspeito de exigir fotos intimas e ameaçar amiga da filha | Brazil News Informa



Homem é preso suspeito de exigir fotos intimas e ameaçar amiga da filha | Brazil News Informa






Um homem de 52 anos foi preso por suspeita de aliciar e ameaçar uma menina, de 11, amiga de escola da própria filha, para obter fotos íntimas e encontros com a garota, em Quirinópolis, sudoeste de Goiás. Segundo as investigações, o detido conseguiu o contato da jovem em um grupo de mensagens do colégio.

A Polícia Civil informou que o homem, cujo nome não foi divulgado, foi preso preventivamente na quinta-feira (17/3).
A corporação apurou que o suspeito disse à vítima que lhe faria mal se ela não cedesse e enviasse fotos intimas de si mesma. Os abusos, segundo a investigação, eram realizados pela internet desde o início deste mês.

Inicialmente, de acordo com a polícia, o suspeito incentivava a criança a enviar fotos íntimas dela para ele. O homem, no entanto, passou a ameaçá-la assim que percebeu a resistência por parte da menina.

Em depoimento aos policiais e acompanhada da mãe, a vítima contou que o homem disse saber onde ela estudava e morava. Por medo de que ele fizesse algum mal à jovem e a seus familiares, a menina cedeu às chantagens e passou a compartilhar os conteúdos que o homem pedia.

Ainda de acordo com a criança, o suspeito passou a exigir encontros pessoais. Diante das negativas dela, porém, o homem passou a realizar novas ameaças. Desta vez, segundo ela, o suspeito afirmou que divulgaria fotos e vídeos dela nos grupos da escola.

A Polícia Civil informou que o caso só foi descoberto porque a mãe da vítima começou a notar mudanças no comportamento da estudante. A mulher disse à equipe de investigação que a filha estava mais agressiva, ficava sempre no quarto e não conversava mais com ela.


Provas no celular

Com isso, a mulher pegou o celular da menina e descobriu as conversas em que a filha era chantageada; imediatamente, conversou com a menina e foram juntas à delegacia para denunciar o crime.

Por causa da gravidade do crime, a Justiça autorizou a prisão preventiva do suspeito. Durante o interrogatório, segundo a polícia, o homem permaneceu em silêncio, sem confessar ou negar qualquer atitude.

A polícia apreendeu os aparelhos celulares do homem e da menina. Os telefones serão devidamente analisados e periciados, para identificar se o suspeito tinha outras vítimas.

O homem foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável por meio virtual e pelo crime de aliciamento e instigação de criança, para com ela praticar atos libidinosos.

O Metrópoles não encontrou contato da defesa do homem detido, já que o nome dele não foi divulgado, mas o espaço segue aberto para manifestações.


Postar um comentário

1 Comentários