Casal de idosos expulsa soldados da Rússia que invadiram seu quintal | Brazil News Informa



Casal de idosos expulsa soldados da Rússia que invadiram seu quintal | Brazil News Informa




Um casal de idosos ucranianos expulsou ao menos três soldados russos do quintal de sua casa. As imagens, registradas por câmeras de segurança, foram divulgadas pela embaixada dos Estados Unidos na Ucrânia nesta semana.

As identidades não foram divulgadas, nem o local onde a cena foi registrada. Nas imagens, é possível ver três soldados armados invadindo a residência. Eles caminham pelo quintal até que os idosos se aproximam deles, gritando, com se pedissem para deixarem o local.

Na sequência, um dos militares parece dar um tiro para o alto. Apesar disso, os idosos continuam gesticulando contra os soldados. Em menos de um minuto de conversa, os soldados saem do local.

Não é possível ouvir o que eles falam, mas, segundo as imagens, o casal ainda acompanha os soldados até a saída. Por fim, eles trancam o portão.

Corredores humanitários

Na quinta, uma nova tentativa de evacuar civis da Ucrânia foi retomada por meio dos corredores humanitários após o cessar-fogo ter sido interrompido pelo ataque a uma maternidade.

Iryna Vereshchuk, vice-ministra para a Reintegração dos Territórios Ocupados, declarou que há passagens abertas em Mariupol, Volnovakha, Izyum, Sumy, Trostyanets e Krasnopil, além das cidades próximas a Kiev: Bucha, Borodyanka, Irpen e Gostomel.

Crime de guerra

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, acusou os russos de crimes de guerra pelo ataque que deixou três mortos, incluindo uma criança.

Ele mostrou vídeos da destruição do centro médico, que incluía uma maternidade e um hospital pediátrico. As imagens mostram edifícios atingidos pelo bombardeio, escombros, além de papéis e vidros espalhados pelo chão.

"Já está além das atrocidades. Hoje, devemos estar unidos na condenação deste crime de guerra da Rússia, que reflete todo o mal que os invasores trouxeram à nossa terra", declarou Zelensky.

Fonte: Yahoo

Postar um comentário

0 Comentários