Homem tem órgão genital necrosado após picada de serpente na África do Sul | Brazil News Informa



Homem tem órgão genital necrosado após picada de serpente na África do Sul | Brazil News Informa



Um holandês teve que passar por uma cirurgia reconstrutiva em seu órgão depois que uma cobra mordeu sua genitália durante um safári na África do Sul – causando seu apodrecimento. A vítima de 47 anos sofreu necrose escrotal após o ataque da serpente, que estava escondida no vaso sanitário, de acordo com o Urology Case Reports.

O homem não identificado teve que esperar três horas antes de ser levado de helicóptero ao centro de trauma mais próximo, a cerca de 560 quilômetros de distância.

“Notou-se que seu órgão e escroto estavam inchados, de cor púrpura profunda e doloridos na admissão hospitalar. Foi diagnosticada necrose escrotal e ele recebeu múltiplas doses de um anti-soro inespecífico de veneno de cobra e antibióticos de amplo espectro”, segundo o relatório médico.

O homem relatou vômito e sensação de queimação, bem como dor que subiu de sua virilha para o abdômen e parte superior do tórax – embora ele não tenha desenvolvido sintomas neurológicos durante a provação. Ele necessitou de hemodiálise devido a lesão renal aguda antes de ser submetido à cirurgia reconstrutiva.

Posteriormente, um cirurgião plástico realizou um “desbridamento da haste peniana, com extensa ressecção de tecido morto que se estendia do corpo esponjoso até a dobra do prepúcio”. Um enxerto da virilha foi então colocado sobre o órgão e ele se recuperou totalmente.

A necrose – ou fasceíte necrosante, comumente referida como “doença comedora de carne” – é uma condição potencialmente mortal causada por bactérias que infectam o tecido. A condição, que se espalha rapidamente, requer tratamento imediato com antibióticos intravenosos.

Postar um comentário

0 Comentários